Previsão de Entrega: aproximadamente em 26 de Dezembro

Lênin em Materialismo e Empiriocriticismo, detalha de forma didática e sintética, a filosofia materialista do Marxismo, contra a filosofia idealista do "machismo" de Ernst Mach que estava ganhando força no POSDR, vindo de figuras como Alexander Bogdánov. Acusando Bogdánov, Basárov, Yushkévitch e outros partidários de Mach de fideísmo (teoria reacionária que prefere a fé à ciência) e defendendo a conhecida tese do materialismo de que nossos conhecimentos científicos a respeito das leis pelas quais a natureza se rege são conhecimentos verídicos e de que as leis da ciência constituem verdades objetivas, diz Lenin( Lenin, t. XII, pág. 102, "A teoria do conhecimento dialético e do empiriocriticismo", ed. russa): "O fideísmo moderno não repele, absolutamente, a ciência; a única coisa que repele são as "pretensões desmesuradas" da ciência; e concretamente, suas pretensões de verdade objetiva. Se existe uma verdade objetiva (como entendem os materialistas) e se as ciências naturais, refletindo o mundo exterior na "experiência" do homem, são as únicas que nos podem dar essa verdade objetiva, todo fideísmo fica indiscutivelmente refutado" (apud STALIN, 2010, p.15).

LÊNIN - MATERIALISMO E EMPIRIOCRITICISMO

R$ 80,00 Preço normal
R$ 64,00Preço promocional