Buscar
  • Klaus Scarmeloto

O pensamento de Ho Chi Minh sobre Educação e treinamento das futuras gerações revolucionárias


Por Nguyen Dinh Hoa

(Data de publicação: 1/6/2007)


Traduzido do Inglês por Klaus Scarmeloto


Fonte:https://web.archive.org/web/20100130030827/http://www.tapchicongsan.org.vn/details_e.asp?Object=5&News_ID=13461386

  • Nos últimos 40 anos desde que o Presidente Ho Chi Minh escreveu seu Testamento, passou-se a recomendar todo o Partido, as pessoas e as gerações mais jovens do Vietnã a realizar obras importantes pela causa revolucionária. Suas instruções, incluindo seus pensamentos sobre educação e treinamento das futuras gerações revolucionárias ainda são de grande valor e profundo significado.

  • O Presidente Ho Chi Minh sempre se preocupou com a construção de forças revolucionárias ao longo de sua vida e com a causa revolucionária. Elas não apenas assumem as tarefas atuais e resolvem os problemas correntes, mas também são os sucessores capazes que herdarão e promoverão a causa das gerações anteriores. Em seu Testamento, Ho Chi Minh disse a todo o Partido e ao povo que se lembrassem: "A educação e o treinamento das futuras gerações revolucionárias são muito importantes e necessárias" (1). Esse ponto teórico continha uma visão científica mundial de um líder revolucionário e refletia a ampla visão de um filósofo e um grande ativista cultural. Tornou-se uma verdade revolucionária.

1 - Por que temos que educar e treinar futuras gerações revolucionárias?


  • A luta revolucionária para transformar a sociedade ruim, injusta e desumana em uma sociedade nova, fina e justa para todas as pessoas precisa passar por um processo difícil e desafiador. Em seu trabalho, "O Estado e a Revolução", VI Lenin mencionou tarefas revolucionárias complicadas, como a questão do poder. Ele disse que era difícil tomar o poder, mas era mais difícil ainda manter o poder revolucionário. O Presidente Ho Chi Minh afirmou que independência e liberdade não tinham sentido se as pessoas ainda morressem de fome e frio. Ele disse que as pessoas só entendem o valor da independência e liberdade quando têm comida e roupas suficientes. Somente o socialismo pode dar ao povo esses direitos humanos naturais e genuínos. No entanto, o socialismo não pode ser alcançado imediatamente, mas somente após o povo suportar a luta.

  • Ao relembrar essas afirmações, podemos ver que a causa revolucionária é um processo de longo prazo, que inclui tarefas diferentes em distintos períodos de tempo e, portanto, requer sacrifícios e devoções abnegadas de diferentes gerações revolucionárias. Nesse processo, muitas tarefas são cumpridas pelas pessoas em sua contemporaneidade, enquanto outras são deixadas inacabadas. Além disso, muitos problemas surgirão na vida real, o que exige soluções adicionais. Se não houver sucessores dignos, a revolução enfrentará dificuldades e não poderá manter seus frutos.

  • Os pensamentos sobre educação e treinamento das futuras gerações revolucionárias mostraram a visão ampla e profunda de Ho Chi Minh. Com esses pensamentos, ele podia ver o presente e o futuro. Dedicou-se à causa revolucionária imediata enquanto consolidava sua raiz. Aplicando criativamente o ponto de vista do marxismo-leninismo, o materialismo dialético sobre o desenvolvimento entendeu que o futuro está dentro do presente.

  • Ho Chi Minh valorizou muito o papel das gerações mais jovens. Ele escreveu: “Um ano começa com a primavera. Uma vida começa com a juventude. A juventude é a primavera da sociedade” (2). Entusiasmo, vitalidade e capacidade criativa são a força e os recursos da juventude. Como a grande e poderosa reserva sucessora da revolução vietnamita e os futuros senhores do país, as gerações mais jovens, em primeiro lugar, têm a responsabilidade de suceder à causa revolucionária e realizar a gloriosa missão histórica que seus antecessores lhes entregaram. O país prosperará ou se tornará decadente, forte ou fraco, dependendo muito da juventude. Ho Chi Minh afirmou que os jovens deveriam ser uma força importante e constante na guerra nacional de resistência e no processo de construção nacional. Eles devem "dar a força revolucionária às gerações mais velhas e estar na linha de frente do processo de desenvolvimento econômico e cultural na construção do socialismo”(3).

  • O Presidente Ho Chi Minh nasceu e cresceu dentro da nação vietnamita. Ele tinha um forte apego ao povo e acreditava firmemente na força invencível e na extraordinária capacidade criativa do povo, incluindo a juventude. As gerações mais jovens em geral e as crianças em particular sempre estiveram em seu coração e mente. Ele gastou amor sem limites nas gerações mais jovens e colocou o futuro da revolução e a nação em suas mãos. Marcando o início do primeiro ano escolar no novo regime, ele enviou uma carta para incentivar os estudantes no país. A carta dizia: “Hoje temos que restaurar o país herdado de nossos ancestrais e alcançar outros países do mundo. Nesse processo de reconstrução, nosso país espera grandes contribuições de você.4)

  • A partir desta análise, podemos afirmar que, como lógica indispensável, a “educação e treinamento das futuras gerações revolucionárias” é muito importante e necessária.

2 - Como educar e treinar as futuras gerações revolucionárias?


  • O Presidente Ho Chi Minh, com suas diversas experiências e teorias revolucionárias, logo percebeu que uma nação sem instrução e ignorante seria uma nação fraca. Foi por isso que, imediatamente após a criação do governo revolucionário, ele considerou a luta contra o analfabetismo e a melhoria do conhecimento geral do povo a segunda tarefa nas seis tarefas mais urgentes do Vietnã na época. Particularmente, ele avançou em um ponto de vista estratégico e humanitário, que evoluiu para as diretrizes para toda a sociedade vietnamita em geral e para o setor educacional em particular: “Pelo bem dos próximos 10 anos devemos plantar árvores e pelo benefício dos próximos 100 anos. devemos proporcionar às pessoas uma boa educação” (5). Embora estivesse muito ocupado, Ho Chi Minh estava muito preocupado com a educação, considerando a educação do socialismo a mais importante na provisão educacional e um elo indispensável na estratégia pedagógica da geração mais jovem. Em outras palavras, o setor educacional precisa cumprir uma grande missão de treinar sucessores revolucionários. Ele disse que, apesar de qualquer dificuldade, professores e alunos precisam acelerar o bom ensino e o bom processo de aprendizado. Todos os níveis do Partido, todos os setores e administração local devem prestar mais atenção a essa causa e cuidar da educação em todos os aspectos para levar a causa da educacional a um plano superior. Pode-se dizer que seu pensamento sobre a educação do povo teve um significado importante, pois é uma estratégia de longo prazo para o desenvolvimento nacional. Atualmente, como as pessoas são consideradas os recursos internos mais importantes para o desenvolvimento socioeconômico do país, a profundidade de seu pensamento se tornou mais clara.

  • O Presidente Ho Chi Minh exigiu que os estudantes e alunos vietnamitas se esforçassem ainda mais para aprender a beneficiar as futuras gerações revolucionárias. Eles devem aprender na escola, na família e na sociedade, a partir de livros e da vida real. Eles aprendem a não se tornar um “mandachuva” como na sociedade antiga, mas a “servir sua terra natal e seu povo, e tornar o povo rico e o país forte, para cumprir a tarefa de se tornar o mestre do país”. 6)

  • A filosofia profunda de Ho Chi Minh dizia que o aprendizado deve acompanhar a prática e as teorias devem estar ligadas à realidade. Assim, enquanto definia que a educação e o aprendizado eram os principais meios para promover a geração mais jovem, ele também exigia que eles se treinassem e se aprimorassem na realidade para desenvolver suas qualidades e capacidades necessárias, para que mais tarde fizessem o máximo de contribuições para o país. comunidade e sociedade. Segundo ele, o processo de auto-treinamento e aprimoramento deve seguir um princípio consistente, ou seja, tentar o máximo possível para fazer a coisa certa e evitar o errado, mesmo que em baixas proporções.

  • Sessenta anos atrás, em 1947, em sua carta aos jovens, o Presidente Ho Chi Minh afirmou que os jovens eram os futuros mestres do país. Se os jovens quiseram ser dignos desse título, devem educar, treinar seu espírito e força afim de trabalhar duro para se preparar para o futuro. A educação dos jovens deve estar intimamente ligada às lutas sociais para ajudá-los a evitar elementos perigosos, práticas negativas e, assim, a aprender as ações boas e progressivas. Dizia ele que os jovens devem estar prontos "para ir aonde o Partido precisar deles e realizar tarefas difíceis". Eles devem se unir, avançar, superar quaisquer dificuldades, competir entre si em aprendizado e produção e contribuir para a construção de um Vietnã pacífico, unificado, independente, democrático, rico e forte.

3 - Que educação e treinamento devem ser oferecidos a jovens, adolescentes e crianças para torná-las dignas futuras gerações revolucionárias?

  • O Presidente Ho Chi Minh havia reiterado que, para construir o socialismo, o pré-requisito era ter pessoas socialistas. As gerações mais jovens devem ser educadas e treinadas de maneira regular e abrangente para cumprir a missão dos futuros mestres do país. Ter uma boa educação e treinamento permitirá que eles obtenham as qualidades e capacidades necessárias, incluindo inteligência, vontade política, personalidade, moral e saúde para atender às necessidades da defesa nacional e da construção do socialismo. Nesse espírito, a promoção das gerações mais jovens deve se concentrar no seguinte:

  • Em primeiro lugar, educar os jovens em ética revolucionária. De acordo com Ho Chi Minh, na educação dos jovens, a principal tarefa importante é construir neles a ética revolucionária, educá-los com o pensamento socialista e ajudá-los a acabar com o individualismo. Não foi por acaso que ele colocou a ética do revolucionário na primeira parte do livro "O Caminho Revolucionário". Seu pensamento sobre ética revolucionária continha uma visão profunda sobre o desenvolvimento da personalidade, ideal e estilo de vida para as gerações mais jovens. A ética revolucionária é uma ética nova, uma qualidade indispensável e a raiz do povo socialista. Assim, ele dizia: “É semelhante a um rio que deve ter uma fonte. Sem uma fonte, o rio vai acabar. Uma árvore deve ter sua raiz; caso contrário, ela murchará. Os revolucionários devem ter ética, sem a qual não serão capazes de liderar o povo, apesar de seu talento”(7).

  • No pensamento de Ho Chi Minh, o conteúdo central da ética revolucionária é indústria, economia, honestidade e retidão. Essas quatro qualidades eram semelhantes às quatro estações do ano. Uma pessoa não pode ser humana em seu verdadeiro sentido, se não tiver uma dessas qualidades. No entanto, a ética revolucionária não está facilmente disponível, mas é o resultado de uma árdua luta e treinamento diário individual. Portanto, Ho Chi Minh sustentou que as gerações mais jovens devem sempre se educar com ética revolucionária. Eles devem demonstrar espírito de espírito público e altruísmo ao lidar com outras pessoas e em seu trabalho, levar uma vida limpa, ter desejo de progresso, unir-se e não serem importantes. Eles devem lutar ativamente contra o individualismo, criticar práticas negativas e realizar críticas e autocríticas regulares para se ajudarem a progredir.

  • Em segundo lugar, fornecendo a eles conhecimentos teóricos, culturais, científicos e tecnológicos. Ho Chi Minh sustentava que os jovens deveriam ter virtudes e talento. Porque, disse ele, seria difícil para uma pessoa virtuosa mas incapaz trabalhar, enquanto uma pessoa talentosa sem virtudes se tornará inútil. Além disso, a ignorância é uma das principais causas de desenvolvimento prejudicado: “A ignorância levará à bobagem, e a bobagem levará à covardia” (8). Assim, pretendendo tornar um povo educado com conhecimento e talento, além de melhorar suas virtudes revolucionárias, os jovens devem estudar muito, inclusive o estudo das teorias marxista-leninista. Isso é para equipar-se e melhorar seu nível de teoria revolucionária, o que aliviará suas ações reais.

  • Além das teorias revolucionárias, as gerações mais jovens devem aprender alfabetização, ciência e tecnologia e usar esse conhecimento na construção da nova sociedade. Ho Chi Minh sustentou que essa tarefa era mais importante agora, à medida que o Vietnã avançava para o socialismo a partir de sua posição como um país agrícola atrasado. Ele concretizou os objetivos e conteúdos da educação, de modo a se adequar a cada nível. Ele escreveu: “No ensino universitário, é necessário combinar teorias com a prática, aprender teorias e conhecimentos científicos avançados de outros países e aplicar esse conhecimento à situação real em nosso país para dar uma contribuição prática à construção nacional. No ensino médio,as escolas devem fornecer aos alunos conhecimentos práticos e confiáveis, que possam atender às necessidades atuais e futuras da construção da nação. O conteúdo, desnecessário, deve ser descartado. No ensino primário, os alunos devem ser ensinados a amar a pátria, as pessoas, o trabalho e a ciência e proteger a propriedade pública”(9) . Somente aprendendo essas lições, as gerações mais jovens podem reunir o conhecimento necessário e ter uma base para promover sua criatividade e dar uma contribuição importante à defesa nacional e à construção do socialismo.

  • Terceiro , melhorando a força física . Os criadores do marxismo e leninismo apontaram que o futuro dos seres humanos dependia completamente da educação abrangente das gerações mais jovens. O Presidente Ho Chi Minh prestou atenção especial à educação abrangente de jovens, adolescentes e crianças vietnamitas, incluindo o desenvolvimento da saúde física. Segundo ele, a promoção da democracia, a construção da nação e a realização de um novo estilo de vida exigiam pessoas saudáveis. É porque: “Toda pessoa fraca tornará a nação inteira fraca. Toda pessoa forte tornará forte a nação inteira” (10). Nesse espírito, ele deu um exemplo brilhante no treinamento físico e nos esportes, convidando todas as pessoas, incluindo homens e mulheres, jovens e velhas a fazer exercícios físicos regularmente, considerando que é responsabilidade e dever de cada pessoa patriótica. Em particular, ele queria que os jovens fossem uma força vital física, com um forte espírito e energia. Para atingir esse objetivo, não há outro caminho senão fazer exercício físico regular e treinamento esportivo.

* * *

  • Compreendendo e realizando esses pensamentos corretos e profundos de Ho Chi Minh, os revolucionários vietnamitas de diferentes gerações se desenvolveram rapidamente e deram grandes contribuições ao desenvolvimento da nação. Eles lutaram e venceram a guerra de resistência contra os invasores estadunidenses pela salvação nacional, defenderam a independência nacional, reunificaram o país e marcharam para o socialismo. Eles foram ativos para “reconstruir nosso país mais forte e mais bonito”, como desejava ardentemente Ho Chi Minh antes de deixar este mundo.

  • Nos processos atuais de renovação nacional abrangente, globalização e integração econômica internacional, as gerações mais jovens do Vietnã sempre perseveraram na ideia socialista promovida pelo Partido e pelo Presidente Ho Chi Minh. Eles provaram sua vontade forte, força juvenil, criatividade e espírito empreendedor. Eles estudaram e treinaram ainda mais para melhorar a si mesmos em todos os aspectos. Eles têm atuado ativamente na produção, na ciência e nas tecnologias, a fim de, com todo o Partido e o povo, levar adiante os processos de renovação, industrialização e modernização para construir uma sociedade vietnamita com um povo rico, um país forte e uma sociedade justa, democrática e civilizada. Movimentos de incentivo, como Voluntariado para Jovens, Desenvolvimento de Carreira para Jovens e Os jovens na escola foram muito bem-vindos e realizados pelos membros da União da Juventude, jovens, estudantes e alunos. O Partido, o Estado e a sociedade reconheceram e recompensaram os jovens que se destacaram na defesa nacional e no desenvolvimento socioeconômico. Pode-se dizer que, atualmente, as gerações mais jovens do Vietnã ainda merecem a confiança, amor, recompensa e desejos do Presidente Ho Chi Minh: Os membros da União da Juventude Trabalhadora e nossos jovens” em geral são bons; eles estão sempre prontos para avançar, sem medo de dificuldades e ansiosos por progresso. O Partido deve promover suas virtudes revolucionárias e treiná-las para serem nossos sucessores, “vermelhos” e “especialistas”, na construção do socialismo” (11).

  • No entanto, devemos reconhecer que, devido ao impacto do lado negativo da economia de mercado e ao processo de globalização, juntamente a falta de autoeducação e esforço, vários de nossos jovens e adolescentes mostraram manifestações negativas preocupantes. Eles divergiram de ideais decentes e levaram uma vida autoindulgente. Eles são preguiçosos em seu aprendizado, sua educação moral e trabalho. Eles têm tendências hedonistas e estão interessados ​​em atividades insalubres ou contraculturais, adição de drogas e até mesmo infringir a lei. Essas práticas negativas constituirão, em primeiro lugar, uma ameaça contra seu próprio futuro, impedindo-as de participar do desenvolvimento, progresso e civilização saudáveis ​​de nossa sociedade. Enquanto isso, forças hostis estão "esperando" e tentarão aproveitar ao máximo esses fenômenos para levar a cabo uma estratégia de "evolução pacífica", a fim de minar e impedir a revolução vietnamita de um maior desenvolvimento. É por isso que, mais do que nunca, todo o Partido e pessoas do Vietnã estão se concentrando na educação e no treinamento das gerações mais jovens, considerando-a uma tarefa principal, pois se relaciona diretamente ao futuro do país. Essa também é uma manifestação e conteúdo importantes da estratégia de "tomar as pessoas como raiz".

  • Pode-se afirmar que, além de outras medidas positivas e gerais, a campanha “Aprenda e siga o exemplo moral de Ho Chi Minh”, lançada recentemente pelo Partido Comunista do Vietnã, oferece uma boa oportunidade para as gerações mais jovens do Vietnã se educarem e avançarem em frente.

(1) Obras Completas de Ho Chi Minh, National Political Publishing House, Hanói, 1995,p. 12, p. 510.

(2) Ho Chi Minh: ibid, p. 4, p. 167.

(3) Ho Chi Minh: ibid, p. 10, p. 488.

(4) Ho Chi Minh: ibid, p. 4, p. 33.

(5) Ho Chi Minh: ibid, p. 9, p. 222

(6) Ho Chi Minh: ibid, p. 7, p. 399.

(7) Ho Chi Minh: ibid, p. 5, p. 252.

(8) Ho Chi Minh: ibid, p. 8, p. 64

(9) Ho Chi Minh: ibid, p. 8, p. 81.

(10) Ho Chi Minh: ibid, p. 4, p. 212.

(11) Ho Chi Minh: ibid, p. 12, p. 498

0 visualização

119-4175-0366 ou

cienciasrevolucionárias@gmail.com